Meio&Mensagem

Programação - Palco A

Horário Programação
14h00 Abertura
14h10 CEO TALKS

Entrevistados:

26/10 – Tomás Martins, CEO e Co-founder da TemBici

27/10 – Marcelo Melchior, CEO da Nestlé Brasil
28/10 – Cristina Palmaka, CEO da SAP América Latina
29/10

O que eu aprendi me tornando um Unicórnio?
O que leva uma startup a ser avaliada em mais de US$ 1 bilhão? Quais os aprendizados desse marco e os desafios dessa jornada? O que os unicórnios brasileiros têm a compartilhar sobre aprendizados e impactos de se transformarem em um modelo de empresa ainda raro? De que maneira essa condição altera a forma de se fazer marketing e construir marcas?

Entrevistados:

– Gabriel Braga, CEO do QuintoAndar

14h45 Apresentação Patrocinador Master Oferecimento
26/10APRESENTAÇÃO FACEBOOK

Discovery Commerce: Gerando demanda e crescimento para o seu negócio

Movido por dados e machine learning, o Discovery Commerce é um sistema de ferramentas do Facebook que antecipa as necessidades do cliente e combina produtos com pessoas que provavelmente irão amá-los: um processo de compras que acontece em poucos passos, sem atritos. Para os clientes, é útil. Para os profissionais de marketing, é a chave para criar demanda e impulsionar os negócios.

Apresentadores:

Debora Nitta, Head de Global Customer Marketing do Facebook para América Latina

27/10APRESENTAÇÃO YOUTUBE

Decodificando Decisões: Navegando pelo Messy Middle

Através dos princípios da economia comportamental, realizamos um estudo para entender como os consumidores tomam decisões em um ambiente online repleto de escolhas e de informações ilimitadas. Identificamos um novo modelo de tomada de decisão que apresenta um meio do caminho cada vez mais confuso, o messy middle. Venha navegar conosco pelos vieses cognitivos que afetam as decisões de compra das pessoas hoje em dia.

Apresentadores:

Aline Moda, Head de Desenvolvimento de Negócios com Agências no Google Brasil

Samuel Moreschi, Gerente de Pesquisa & Insights de Ads Marketing no Google Brasil

28/10APRESENTAÇÃO GOOGLE

Por mais 25 anos de internet livre, aberta e cheia de oportunidades

O ano de 2020, mesmo com todos seus desafios, serviu para destacar a importância da internet na vida dos brasileiros nos mais diferentes âmbitos: na educação, nas conexões humanas e na economia. Também em 2020 atingimos o marco dos 25 anos do início do processo de democratização do acesso à internet no Brasil e do início da publicidade digital, elemento central que permite mantermos uma internet livre, aberta e cheia de oportunidades. A partir de agora, nós, enquanto indústria, temos o desafio de construir os próximos 25 anos.

Apresentadores:

Fabio Coelho, Presidente do Google Brasil e VP do Google Inc

29/10

Marketing as a service

Entrevistados:

Elaine Ishibashi, Founder da Unbox Shiba

Peter de Albuquerque, Diretor de Criação e Branding da Menu

15h10 TRILHA BUSINESS TRANSFORMATION Oferecimento
Nos últimos anos, o termo Transformação Digital se tornou comum ao cotidiano dos anunciantes. Os impactos da pandemia e seus efeitos econômicos foram diretos na dinâmica de muitas empresas. Esta trilha se propõe a discutir o novo contexto da transformação digital, o impacto da pandemia na aceleração de vários tipos de conceitos (como as estratégias direct to consumer), tecnologias e como esse cenário se desdobra e influencia o papel do marketing.
26/10

Food Tech e Dados … inham, que delícia!
A disruptiva lógica das foodtechs revoluciona a indústria de alimentos e coloca em cheque as grandes companhias do setor. Por outro lado, essas mesmas grandes companhias estão agora fazendo o seu próprio movimento em direção a inovação, em que a tecnologia e dados passam a ser ingrediente mais que necessários na sua nova receita de sucesso.

Entrevistados:

– José Cirilo, Diretor Executivo de Marketing e Trade da Seara Alimentos

– Raphael Vianna, Head de Mídia e E-commerce da Seara

27/10

Como a relação com startups mudou minha cabeça de executiva?
A aproximação de empresas tradicionais e startups – em várias formas – é uma realidade. Projetos de inovação aberta, aceleração, incubação e investimento passaram a fazer parte da dinâmica de muitas companhias e são hoje vitais em seus processos de inovação. Como os valores e dinâmicas do mundo corporativo são influenciados por essas empresas pequenas, mas ágeis e disruptivas? O que um mundo tão consolidado tem a aprender com um feito de tanta criatividade e invenção?

Entrevistados:

– Gabriela Onofre, CMO da Acesso Digital

28/10

Automóveis. Ooops … centros de entretenimento, mídia e serviços.
A mobilidade nas grandes cidades está em vias de passar por sua maior transformação em todos os tempos: nas cidades inteligentes, automóveis não serão mais, apenas, automóveis, mas irão se transformar em centros de entretenimento, mídia e serviços. Qual o impacto dessa transformação na indústria automotiva e como ela está se preparando para entrar em áreas da comunicação e do marketing em que nunca atuou? E como vai reagir esse mercado com a presença de players tão poderosos e que estão por aí andando com o consumidor em todo lugar?

Debatedores:

– André Gama Schaeffer, Smart Driving

– Hermann Mahnke, Head de Marketing da General Motors

29/10

Direct to Consumer, sem escala
O impacto das marcas DTC nas dinâmicas das empresas. A relevância e eficiência do contato direto com o consumidor. As mudanças de cultura, operação e logística. Tudo isso e outros grandes temas desse novo fenômeno no mundo das marcas serão abordados nesse painel, com marcas que saíram da teoria direto para a prática de uma nova forma de distribuir e vender.

Entrevistados:

– Arthur Blaj, Fundador da LIVO e da Além

– Emily Ewell, Sócia Fundadora da Pantys

15h40 TRILHA 5G Oferecimento
A promessa da ultra velocidade de conexão móvel está prestes a se tornar realidade. Veja como a tecnologia 5G revolucionará a conexão entre diferentes aparelhos inteligentes e o consumo de conteúdo, impactando diretamente o modo como empresas servirão seus clientes e marcas se relacionarão com as pessoas.
26/10

O impacto do 5G no conteúdo 
O novo protocolo 5G não é apenas mais G, que vai acrescentar velocidade 10 vezes superior ao tráfego de dados no mundo conectado. Ele vai viabilizar a Internet das Coisas, que são todas as coisas conectadas. E isso transforma o mundo como o conhecemos. Como produtores de conteúdo podem participar dessa veloz transformação? Quais as novas linguagens desse ambiente? E como as marcas podem participar desse novo diálogo ultra-conectado?

Entrevistados:

– Janaina Augustin, Diretora de Inovação na O2 Filmes

– Rodrigo Terra, Co-Founder e Chief Technology Evangelist da ARVORE

27/10

Internet das Coisas

Debatedores:

– Eduardo Conejo, Gerente Sênior de Inovação na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Samsung Brasil

– Maria Rita Casagrande, Content Leader na MESA

Moderador: Léo Xavier, Co-fundador da Môre

28/10

Como o 5G fará a mágica acontecer?
Mark Melling, fala sobre o papel da tecnologia 5G na construção de narrativas, no storytelling de experiências imersivas e como esse tipo de conexão vai impactar o mundo dos eventos, entretenimento, negócios e marcas como o desfile de moda em VR que eles fizeram durante a pandemia.

Entrevistados:

– Mark Melling, Head do RYOT Studio

29/10

Jornada sem atritos
Com o 5G, tecnologias de geolocalização e sistemas de carros autônomos caminham para um novo patamar e permitirão uma jornada sem os atritos atuais. Isso impacta a publicidade baseada em geolocalização no Waze, por exemplo, impacta a experiência dos carros autônomos, a oferta de mídia OOH, meios de pagamentos integrados como a Visa fez no transporte público e outros aspectos relacionados ao futuro das cidades.

Debatedores:

– Douglas Pombo, Fundador da Inviron

– Luiz Telles, Diretor Nacional de Storytelling e Inovação da Artplan

16h15 TRILHA A JORNADA DAS AGÊNCIAS
O novo cenário de consumo de mídia e produção de conteúdo exige que as agências ampliem seu repertório de serviços aos clientes – que, por sua vez, contam com cada vez mais opções diferentes de parcerias para definir e compor suas estratégias e entregas de marketing. Descubra os caminhos diversos dessa jornada na busca pelos modelos de negócio do futuro com quem já está fazendo na prática.
26/10

Modelos alternativos de agências: mudar virou o nome do jogo
A discussão e as reflexões sobre modelo de agência se multiplicaram nos últimos anos. O modelo tradicional mostra sinais de desgaste e todas as agências, em todos os mercados do mundo, estão revendo seus conceitos de negócio. Não é diferente no Brasil. No palco do ProXXIma 2020 a discussão volta a cena. Onde as agências devem se basear para mudar? Quais seus desafios hoje, num cenário de tanta transformação? Que armas usar? Quais novas disciplinas adotar? Como se remunerar?

Entrevistados:

– Guga Ketzer, CEO da SUNO

– Roberto Martini, Global CEO e Chief Creative Officer da FLAGCX

27/10

First party data é rei, num mercado em que dados, além de solução, virou problema.
Inúmeras novas regras de mercado, legais e tecnológicas, introduziram no cenário de dados uma série de novos códigos de uso e, portanto, de práticas de gestão, para marcas e gestores de marca. A melhor utilização de informações para otimizar a experiência do consumidor é hoje vital, num mundo em que tudo é costumer centric. Diante desse cenário, e de denúncias de mau uso de dados por inúmeros players de mercado, como estabelecer relações de confiança para produtos e marcas? Qual o equilíbrio entre ética e eficácia?

Debatedores:

– Miriam Shirley, CEO da Sapient AG2

– Camila Costa, Sócia e CEO da iD\TBWA

28/10

Agências Tradicionais

Entrevistados:

– Filipe Bartholomeu, Sócio e CEO da AlmapBBDO

– Marcelo Reis, Co-CEO e CCO da Leo Burnett Tailor Made e Arc Brasil

29/10

CASE: Draftline Ambev 
A Ambev mergulhou fundo na inovação e um dos pilares de suas novas atividades nesse setor é a nova forma como maneja sua comunicação e a integra com inovadoras práticas de atuação. No palco do ProXXIma, como a maior companhia de cervejas do mundo está se transformando e como seu braço Draftline está contribuindo para isso.

Palestrante:

– Daniel Tártaro, Diretor de Marketing da Ambev

16h45 TRILHA CRIATIVIDADE E DADOS Oferecimento
Faz tempo que criatividade e dados deixaram de ser vistos como antagonistas. Mas as oportunidades desse casamento tão promissor quanto inevitável ainda estão sendo exploradas e desvendadas. Confira os aprendizados de quem apostou no uso de dados para gerar insights e melhorar a oferta de produtos e serviços, a partir de uma análise precisa das informações disponíveis.
26/10

Da Efetividade à Afetividade
Muito se fala em efetividade criativa e uso de dados. Mas com frequência esquecemos que dados não são apenas zeros e uns em um servidor na nuvem. Acima de tudo, são informações que nos contam o que as pessoas gostam, precisam e em que momento de vida elas estão. Informações fundamentais para que marcas consigam criar uma conexão emocional com seus consumidores. Para nos falar sobre como marcas precisam ser mais afetivas para serem mais efetivas, trazemos Suzana Apelbaum, Head de Eficiência Criativa do Google EUA.

Entrevistados:

– Suzana Apelbaum, Head of Creative Effectiveness no Google New York

27/10

Dado só serve se virar insight. 
Dados estão em todos os lugares. Os bancos do mundo Big Data se multiplicaram e estão a disposição de que quem desejar usar. Mas tem só um probleminha: eles não são mais de livre uso por conta das leis de controle de privacidade. Além disso, de nada adianta um bando de dados: é preciso inteligência, muita tecnologia e expertise de gestão para transformar dados em insights que de fato possam ser aplicados a práticas de mercado. Como se faz isso?

Entrevistados:

– André França, VP de Mídia da WMcCann

28/10

Customização x Escala: quem ganha?
A customização tornou-se a máxima da dinâmica do marketing nos últimos anos, no entanto, ela normalmente demanda maior investimento de recursos. Nesse novo contexto, em que velocidade e escala serão necessários na nova jornada do consumidor, como equilibrar práticas personalizadas e escala, usando a tecnologia como aliada.

Debatedores:

– Cristiano Dencker, Líder da Accenture Interactive para América Latina

– Patricia Macedo, Diretora de Marketing da Kimberly-Clark Brasil

29/10

Dados e criatividade: opostos que se atraem

Faz tempo que criatividade e dados deixaram de ser vistos como antagonistas. Mas as oportunidades desse casamento tão promissor quanto inevitável ainda estão sendo exploradas e desvendadas. Confira os aprendizados de quem apostou no uso de dados para gerar insights e melhorar a oferta de produtos e serviços, a partir de uma análise precisa das informações disponíveis.

Debatedores:

– Domenico Massareto, CCO da Publicis Brasil

– Samantha Almeida, Diretora do Twitter Next Brasil

17h20 Apresentação Patrocinador Master Oferecimento
26/10APRESENTAÇÃO GLOBO

Globoplay – um brasileiro na guerra do streaming.
Apresentador: Erick Bretas, Diretor de Produtos e Serviços Digitais da Globo

27/10APRESENTAÇÃO VIDMOB

DATA BEATS OPINION
Num mundo cada vez mais complexo de algoritmos, big data, machine learning e inteligência artificial, descubra como toda essa tecnologia pode simplificar sua vida e trazer aumentos de performance nunca antes vistos nas peças publicitárias. Vamos abrir a caixa preta da criatividade e mostrar como otimizar suas campanhas no mundo digital.

Apresentador: Miguel Caeiro, Head of Latam da Vidmob

28/10APRESENTAÇÃO WMCCANN

Tecnologia e dados no dia a dia da criatividade
Truth Well Told. Nosso DNA continua o mesmo desde 1912, mas hoje os desafios são ainda mais complexos. Atualmente, é impossível achar a verdade das marcas e gerar resultados sem unir criatividade com dados e tecnologia.

Apresentadora: Renata Bokel, CSO da WMcCann

29/10

Black Money: o poder  econômico do mercado afro-brasileiro
As iniciativas de empreendedorismo étnico focado na regionalidade e na inclusão vêm surgindo com cada vez mais frequência. Acesso a capital social e financeiro ainda é desafio para os empreendedores negros. Diante deste contexto, Paulo Rogerio Nunes, cofundador da aceleradora Vale do Dendê (Salvador) e da AFAR Ventures (EUA), fala sobre os desafios e a atenção em não transformar o Black Money em uma onda, mas em uma solução concreta de reparação social e histórica, além de inovação para os mercados.

Entrevistados:

– Paulo Rogério Nunes, Co-fundador da Vale do Dendê e AFAR Ventures

17h45 TRILHA MÍDIA E CONTEÚDO
Redes sociais, podcasts e assistentes de voz não são apenas plataformas para o consumo de conteúdo, mas também agentes de transformação da própria linguagem – o que os tornam um território cada vez mais interessante e valoroso para as incursões das marcas e seus investimentos. Conheça experiências compartilhadas direto do front pelas fontes mais bem-sucedidas nesses meios e mensagens.
26/10

Podcasts: encontre sua audiência, construa um negócio
O ano de 2019 foi, sem dúvida, o ano do podcast. A plataforma tornou-se estratégica para diversos publishers, no mundo e no Brasil. Vem também se tornando uma alternativa para as marcas, no formato de branded content. Mas como cada player desse novo cenário pode gerar receita e aproveitar ao máximo a nascente oportunidade?  Quais formatos? Quais modelos de negócio?

Entrevistados:

– Carlos Merigo, Fundador do B9

– Thiago Barbosa, Gerente Regional de Jornalismo na Rádio CBN

Moderador: Rodrigo Tigre, Sócio Diretor da Audio.ad Brasil

27/10

Dark social: o desafio das marcas no escuro   
Aproximadamente 78% das conversas da web acontecem em locais inacessíveis às marcas e praticamente impossíveis de monitorar, como aplicativos de mensagens e grupos fechados. Mas é exatamente aí que se desenvolve um novo caldo de cultura da sociedade contemporânea, que contém um manancial rico de referências de novos hábitos e valores de comportamento e consumo. Como mergulhar nesses espaços sem ser invasivo? Isso é possível?

Entrevistados:

– Felipe Simi, Fundador e Head de Creative Data da Soko

28/10

Sua marca manda bem nas redes sociais? É você que acha ou seus consumidores?
As redes sociais se transformaram em uma das mais poderosas e eficientes armas do marketing digital. Mas ainda há muito que gestores de marcas e agências precisam entender e aprender para fazer marketing e comunicação de maneira eficaz, não intrusiva e de forma de fato contextual nesse ambiente. Há dicas para isso? Melhores práticas? Caminho das pedras?

Entrevistados:

– Rafael Kiso, CMO da mLabs

29/10

A desintermediação no mundo dos assistentes de voz
Com a popularização de assistentes de voz como Alexa, Siri e o Google Home, nasce uma nova forma de comunicação, em que a voz, não mais o tato e a visão, passa a ser o canal de ativação. Trata-se de uma indústria bilionária, regida por regras próprias de mercado e de ativação. Como as marcas devem se adaptar a esse mundo novo e a essa nova língua?

Debatedores:

– Conrado Caon, Chief Technology Officer da Avellar

– Ricardo Garrido, Country Manager da Alexa Brasil na Amazon Brasil

Moderador: Alexandre Siqueira, Diretor de Customer Success na Salesforce

18h20 TRILHA COMPORTAMENTO
Num mundo cada vez mais integrado e online, como temos enfrentado emocionalmente a transformação de nossa sociedade? Ao mesmo tempo em que avançamos no desenvolvimento de inteligências artificiais, aumentam os desafios de convivência entre pessoas com diferentes ideologias e estilos de vida – e cada vez mais pessoas se interessam por espaços e atividades que propiciem momentos de desconexão desse universo always on. Entenda o porquê essas aparentes contradições fazem parte da mesma busca.
26/10

A redescoberta do novo Eu.
Num mundo em que tudo anda muito rápido e em que as transformações alteram nossas referências indefinidamente, o ser humano preciso de um centro de equilíbrio. Daí a relevância da conexão das pessoas com seu corpo e sua mente através da arte e da reflexão. A sul-coreana Hui Jin Park, que viveu na prática, como profissional, o mercado da comunicação, com passagem em grandes agências como WMcCann e Talent, traça um paralelo do papel das marcas e da tecnologia no dia-a-dia da vida e da transformação da sociedade.

Entrevistados:

– Hui Jin Park, Consultora Independente e Estrategista

27/10

Marcas Sistêmicas: a grande virada do papel das marcas na era do pós propósito
Qual é a nova relação das marcas com a sociedade neste novo século que definitivamente começa após a pandemia da COVID-19? E como elas estão se posicionando para resolver desafios sociais e ambientais, deixando um impacto positivo para o mundo? Neste estudo, co-assinado pela White Rabbit e UNICEF, apresentaremos um panorama dos novos comportamentos dos consumidores e dos movimentos sociais que estão levando as marcas a adotarem estratégias e ações sustentáveis no desenrolar do cenário pós-pandêmico.
Palestrantes:

– Camila Carvalho, Líder de Desenvolvimento de Parcerias com Empresas e Fundações da UNICEF Brasil

– Luciana Bazanella, Co-founder da White Rabbit

28/10

É possível amar um robô?
Empatia e sentimentos por seres artificiais começam a ser parte do nosso dia a dia. Assistentes pessoais e robôs começam cada vez mais a interagir de forma cognitiva conosco, nos impondo uma nova lógica de relacionamento e comportamento. Afinal, como humanos devem se relacionar com máquinas?

Entrevistados:

– Gil Giardelli, CEO da 5era

29/10

Mais humano e mais digital: o novo normal do trabalho

O isolamento social e a possibilidade das empresas adotarem em escala o home-office trouxeram várias discussões importantes sobre a conexão humana dentro de um contexto de trabalho ainda mais digital. Vamos ver como a digitalização impacta na cultura organizacional, mobilidade urbana e o papel da mentoria em um contexto de reaprendizagem nos métodos de trabalho e o papel da diversidade e inclusão como facilitadores dessa nova jornada.

Palestrante:

– Camila Novaes, Gerente de Marketing da Visa do Brasil

18h55 TRILHA: GAMES, STREAMING E O FUTURO DO ENTRETENIMENTO
A disputa pela atenção das pessoas é o que torna players de diferentes segmentos concorrentes universais. Quanto mais tempo de consumo de mídia dedicado à sua plataforma maior a possibilidade de ofertas para monetizar a audiência, seja qual for o seu modelo. Nesse cenário em que as franquias e a recorrência tem mostrado mais fôlego que os block busters de tiro único, produtores de conteúdo debatem a influência dos games e da cultura geek nas indústrias do entretenimento e da comunicação.
26/10

Como o cinema hackeou a cultura geek?
A indústria do cinema – em especial a dos filmes de super-heróis – entendeu a dinâmica dos geeks e suas estruturas de comunidades e fandons. Soube criar uma dinâmica de produção e distribuição que transportou essa categoria do nicho para o mainstream. O que ambas as culturas e ambas as indústrias aprenderam nessa trajetória que é hoje um dos principais pilares da bilionária indústria do entretenimento? Como Marvel e DC souberam navegar nesses grupos e comunidades e aprenderam a lidar, por meio de produtos campeões de bilheterias, com os anseios desse público? E como ficam as marcas nesse ambiente?

Entrevistados:

– Pierre Mantovani, CEO & Partner da Omelete Company

27/10

Ok, entendi a importância dos e-sports. E agora? 
Agências e marcas já entendem, em função de todo o hype do tema, o tamanho e a importância dos e-sports como plataforma de engajamento com vários perfis de público, particularmente o jovem. Mas precisam saber mais e dominar melhor como entrar nesse jogo, conversar e engajar esses consumidores e praticantes. Como investir e como gerir esse investimento? Como construir marcas nesse ambiente? Como lidar com a questão de captura de dados? Marcas que já estão há algum tempo nesse mercado explicam o que acertaram, erraram e como aprenderam ao lidar com os gamers.

Debatedores:

– Isabella ZakZuk, Diretora da categoria de Beleza na P&G

– Fabio Maeda, Diretor de Inovação e Serviços Digitais da Claro

28/10

A batalha do streaming: quem ganha?
O aumento na oferta de conteúdo por parte de plataformas de streaming – Netflix, Disney+, Prime Vídeo, HBO Go, Globoplay, Telecine – traz à tona a discussão sobre a capacidade dos consumidores de pagar por tantos serviços. Nesse contexto, com quais armas esses players estão jogando para serem relevantes e estarem no grupo dos serviços indispensáveis a partir de 2020? Quais os diferenciais de cada uma dessas plataformas? Como as marcas podem protagonizar esse espetáculo?

Entrevistados:

– Eldes Mattiuzzo, CEO do Telecine

– Juliana Oliveira, Diretora de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios do Disney+

29/10

O impacto do conceito gamer na cultura das agências 
Anunciantes criam áreas específicas, agências contratam game specialisst, times contratam consultorias, o ecossistema de games e e-sports fez surgir novos negócios, formatos e a demanda por profissionais especializados. Nesse contexto, onde estão as oportunidades e os desafios? Como o marketing e a comunicação jogam esse game?

– Claudio Lima, Chief Creative Officer da Cheil LATAM

19h30 INFLUENCERS & CREATORS
 

Entrevistados:

 

26/10 – Camila de Lucas, TikToker
27/10 – Lázaro Ramos, Ator
28/10 – Nyvi Estephan, Apresentadora
 Nobru, Streamer
29/10 – Luísa Sonza, Cantora e Compositora

 

Patrocínio

Realização