Meio&Mensagem

Evento ProXXIma

26 a 29 DE OUTUBRO DE 2020 | ONLINE

Luísa Sonza

Cantora e Compositora

A música sempre esteve presente na vida da gaúcha Luísa Sonza. Mais do que apenas um instrumento, as melodias acompanharam o crescimento de Luísa, que desde os 7 anos de idade, respira e trabalha com esse universo.

As primeiras lembranças que Luísa carrega vêm da época em que cantava para o pai não dormir ao volante durante as viagens de carro que realizavam. Era o início de um talento a ser descoberto. E o destino só fomentou esse caminho. Em um dos Festivais de Música de Tuparendi, seu município natal, um produtor a ouviu. Pouco depois, Luísa entrava para uma banda, na qual permaneceria por 10 anos. Com ela, cantou em casamentos, feiras, missas e festas.

Na internet, Sonza viu potencial para divulgar seu trabalho. De início, eram vídeos feitos no Instagram, com músicas em voz e violão. Mas, quando soube das gravações de covers, por meio de amigas, a jovem resolveu criar um canal no Youtube. O objetivo era postar vídeos de diversos ídolos – muitos, fontes de inspiração para seu trabalho, tais como Anitta, Weslley Safadão, Emicida, Luan Santana, The Beatles e Justin Bieber.

O reconhecimento veio aos poucos e Luísa acabou sendo conhecida como “Rainha dos Covers” na internet. A forma como cantava as melodias, com um toque único e diferenciado, renderam a ela, no ano de 2017, a premiação no Prêmio Multishow, na categoria “Melhor Cover da Web”.

Tal sucesso levou Luísa a mais um passo na carreira. Depois de homenagear cantores queridos por ela, decidiu investir em um trabalho autoral e começou a compor suas canções. Sucessos pops como “Olhos Castanhos”, “Não Preciso de Você pra Nada” (participação de Luan Santana), “Good Vibes”, “Meu Sabor” e “Rebolar” ressaltaram o talento de Sonza. O clipe de “Rebolar”, por exemplo, possui hoje mais de 40 milhões de visualizações no Youtube

Além disso, foi o videoclipe de 2018 com o terceiro maior número de visualizações da Vevo Brasil.
Hoje, depois de 4 anos do primeiro cover, Luísa soma mais de 5 milhões de inscritos em seu canal e ao todo, com mais de 20 milhões de seguidores em suas mídias digitais (Facebook, Twitter, Instagram, Youtube, Spotify e Tik Tok). A artista é uma das maiores influenciadoras do país, com stories com mais de 1 milhões de views, sendo uma das pessoas com mais visualizações no Instagram no Brasil. No ano de 2017, ela ganhou como o 10º Instagram mais visto no mundo.

Com essa multidão acompanhando seu trabalho, Luísa percebeu a força que tinha, e atualmente a usa para difundir sua postura e discurso com o movimento feminista, defesa e luta da autonomia e independência da mulher, altruísmo, sororidade, empatia e união.

Fora dessa vertente empoderada e engajada, Luísa se dedica cada vez mais à música, projetos e está sempre 100% entregue em tudo que faz.

Depois de diversos lançamentos de estrondoso sucesso, como “Devagarinho”, “Boa Menina” e “Pior que possa imaginar”, a cantora deu mais um passo na carreira. Em junho de 2019, ela lançou seu primeiro álbum de estúdio, “Pandora”, em todas as plataformas digitais, que transmite emoção a cada acorde. Com veracidade, as mensagens saltam pelas notas e tocam o coração de forma direta e especial.

O álbum, que possui 8 faixas e foi um grande marco na carreira da cantora, conta com singles que passam por batidas mais lentas, românticas, eletrônicas e dançantes. 7 faixas foram escritas pela própria Luísa com outros parceiros, e enaltecem sua voz e subjetividade na composição. São mais de 250 milhões de streamings nas plataformas e mais de 150 milhões de visualizações nos clipes lançados. O projeto carrega também o marco de melhor debut de álbum de um artista brasileiro. Lembrando que todas músicas entraram no top 200 do Spotify. Em tempo: o clipe do single “Fazendo Assim”, feat com Gaab, ganhou prêmio francês de melhor direção de fotografia.

Este ano, fez sua primeira participação em uma novela global “Amor de Mãe” e teve estreia na Sapucaí pela Escola Grande Rio no Carnaval. Também no carnaval, se apresentou com o bloco “Sonzeira”, em São Paulo, com Mateus Carrilho e Aretuza.

No dia 18 de março, a cantora lançou sua mais nova música de trabalho “BRABA”, que veio acompanhada de clipe dirigido pelo renomado diretor Jacques Dequeker e co-dirigido por Luísa. O clipe já possuí mais de 98 milhões de views no Youtube, já o single atingiu a primeira posição do Spotify, de músicas mais ouvidas no Brasil. Desde seu lançamento está no top 5 da plataforma Além disto, possuí mais de 80 milhões streamings nas plataformas de áudio. Luísa é uma das autoras do single.

Recentemente, lançou uma parceria romântica com Dilsinho, em “Não vai embora”, música que ficou entre as 30 mais tocadas do Spotify (música foi escrita por Luísa e Dilsinho). E, no último dia 12 de junho, divulgou “Flores”, com o cantor Vitão. A música fez tanto sucesso que em três dias o clipe atingiu mais de 67 milhões de views só no Youtube, e atingiu o top 5 do Spotify, além de ser o lançamento mais comentado de todos os tempos.

Além de todo esse sucesso, Luísa foi a primeira brasileira confirmada no Festival Baja Beach Fest, que acontecerá no México em agosto de 2021. Isso e toda sua trajetória até aqui só reforçam a força de Luísa, hoje um dos principais nomes da música pop brasileira.

Outros palestrantes