Meio&Mensagem

Evento ProXXIma

17 E 18 DE NOVEMBRO - WTC SÃO PAULO - SÃO PAULO/SP

A ofensiva de inovação da Ambev segundo Ricardo Dias

Vice-presidente de marketing da cervejaria divide o desafio de consolidar processos ágeis no desenvolvimento de produtos e comunicação

Karina Balan Julio
7 de maio de 2019 - 13h15

Ricardo Dias, vice-presidente de marketing da Ambev. Foto: Denise Tadei

O vice-presidente da Ambev, Ricardo Dias, foi um dos destaques do primeiro dia do Proxxima 2019, nesta terça-feira, 7. No evento, ele falou sobre o desafio de desenvolver uma cultura de inovação dentro de empresas tradicionais.  “Todos os profissionais do mercado têm uma bandeira vermelha com a qual precisam se preocupar em sua indústria, se quiserem inovar. O problema pode estar no seu time ou dentro do seu próprio portfólio de produtos”, exemplificou ao abrir sua palestra.

Dias admitiu que a Ambev levou mais tempo do que o necessário para elaborar uma estratégia sólida de inovação, mas que está se empenhando para se colocar como um player forte de inovação a longo prazo. “Estamos correndo atrás do prejuízo”, conta.

Em 2016, a empresa criou a unidade Zx Ventures, dedicada ao desenvolvimento de projetos de tecnologia e inovação. No Brasil, a multinacional atualmente conta com 40 profissionais na unidade, os quais trabalham em “squads” direcionados à resolução ágil de problemas específicos de negócio. Entre os projetos gestados pela Zx Ventures estão o e-commerce Empório da Cerveja,  para venda de cervejas premium e importadas; o serviço de delivery Zé Delivery; e o clube de assinaturas de bebidas Sempre em Casa.

Para o vice-presidente, empresas que querem ser referência em inovação devem tentar equilibrar seus resultados operacionais com o investimento em inovação. “Pegue a participação de mercado da sua empresa e a compare com a participação dela no mercado total de inovação. O ideal é que os valores sejam proporcionais”, disse. A projeção da empresa é de que a Zx Ventures, que gerou R$1 bilhão para a Ambev no último ano, passe a gerar no mínimo R$ 5 bilhões em receitas nos próximos três anos.

Na frente de marketing, a Ambev implementou no início de 2019 o núcleo Draft Line, focado na produção de conteúdo rápido. Segundo o vice-presidente de marketing, a marca teve aumento de 100% em seu engajamento orgânico desde janeiro, quando a unidade começou a funcionar.

A inspiração para o trabalho está nos modelos de comunicação e negócios de startups e empresas de tecnologia como Netflix, Amazon e Google.  “Estas empresas erraram muito até criarem modelos de negócio baseados em intimidade, que é o alicerce da relação delas com o consumidor. Acredito que o erro e o risco devem ser celebrados, guardadas as devidas proporções e cuidados”, finalizou Ricardo.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Ambev

  • Google e Amazon

  • Netflix

  • Ricardo Dias

  • Zx Ventures

Realização