Evento ProXXIma

12 E 13 DE MAIO DE 2020 | GOLDEN HALL WTC - SP

“Solução de problemas deve envolver pessoas à margem”

Para Tim Lucas, líder de negócios da Hyper Island, enfrentar problemas de minorias é chave para escalar soluções ao público geral

Salvador Strano
8 de maio de 2019 - 14h50

Crédito: Denise Tadei

Ao trabalhar com pessoas à margem da sociedade, a resolução de problemas escaláveis fica muito mais fácil, afirma Tim Lucas, líder de negócios da Hyper Island. Um exemplo disso, destaca o executivo, é o caso da rede de supermercados inglesa Asda. Quando o gerente de uma das lojas presenciou um momento de desconforto do filho autista de uma de suas funcionárias com o ambiente do local, ele realizou uma imersão nos estudos sobre a doença e criou a “Quiet Hour”, momentos em que a loja diminuía os estímulos visuais e sonoros para tornar o ambiente menos desagradável.

A estratégia começou em 2016, na cidade de Manchester. Desde então, virou padrão que diversas redes do varejo do Reino Unido ofereçam uma hora por semana de um ambiente de compra sem interferências da rádio interna ou dos monitores de promoções. Isso favorece, inclusive, o público não autista, que prefere uma experiência de consumo mais calma. “O filho daquela funcionária não gostava de ir ao mercado. Às vezes os nossos não usuários conhecem muito melhor nossos produtos do que nós mesmos. Isso porque eles evitam a gente por algum motivo”, afirma Tim. “Hoje, o grande segredo é resolver o problema de uma pessoa e depois escalar para a massa”.

Outro caso de pessoas historicamente excluídas de um ambiente local que auxiliaram no contexto de uma empresa global foi uma ação da Ikea em Israel, em que a varejista realizou uma maratona com portadores de deficiências físicas e engenheiros para construir extensões de seus produtos que aumentassem a autonomia desses clientes. Em seguida, disponibilizou os produtos em forma de código de impressoras 3D.

“Muitas pessoas queriam esses hacks para facilitar o uso por pessoas mais velhas ou com crianças pequenas”, exemplifica Tim. “Precisamos pensar como estruturar nossas empresas para ouvir a conversa de quem está lá na ponta”.

Confira o vídeo da ação:

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Hyper Island

  • Ikea

  • Isda

  • Tim Lucas

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Realização